domingo, 3 de julho de 2011

Revista VEJA, a maior porcaria editorial do Brasil, condenada na justiça

A revista VEJA, a maior porcaria editorial do Brasil, que prima pela falta de caráter expressada em matérias sempre tendenciosas e recheadas de segundas e terceiras intenções, embasadas em fraude e mentira, acaba de ganhar mais uma condenação para a sua ampla coleção de condenações judiciais.

A juíza Cláudia Maria Pereira Ravacci, da 35ª Vara Cível de São Paulo, condenou a revista Veja e a Editora Abril, pela reportagem A Rede do Terror no Brasil, publicada no dia 6 de abril deste ano.

A ação foi movida pela UNI - União Nacional das Entidades Islâmicas, que pediu direito de resposta.

A decisão da Juíza da 35ª Vara Cível foi proferida na quinta-feira, dia 30 de junho de 2011.

Eu imagino que os advogados do vergonhoso folhetim certamente irão recorrer da decisão já que trata-se de uma decisão de primeira instância, mas dada a explicidade do escândalo e falta de caráter do caso, seguramente teremos apenas a confirmação da sentença em instâncias superiores.

Afirma a duvidosa revista em sua mal-fadada e caluniosa matéria, que “De acordo com a Polícia Federal, sete organizações terroristas islâmicos operam no Brasil”, alegação desmentida veemente pelo próprio Ministro da Justiça em audiência reservada na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, na Câmara dos deputados.

A sentença atende ao pedido da autora da ação e determina que a duvidosa publicação dê à UNI o direito de resposta do mesmo tamanho e formato da matéria em uma de suas publicações.

Esta não é a primeira condenação judicial da revista, fato é que ao longo de sua existência a mesma coleciona escândalos e condenações, mas serve para mostrar claramente que não há em suas páginas qualquer tipo de seriedade e responsabilidade, e não há em suas matérias altamente duvidosas e parciais, qualquer vínculo com a verdade, mas sim vínculos escusos com a deturpação, com a calúnia, com as intenções escondidas e de veiculação proibidas, e com a desinformação, no lugar da informação.

Esta também não é a primeira vez que a duvidosa publicação lança seus tentáculos caluniadores contra o Islam e contra nós muçulmanos.

Mas pode ser esta condenação um aviso claro de que nós não vamos tolerar os seus ataques e de que temos como provar que VEJA NÃO TEM CARÁTER.

VEJA - UMA GRANDE MENTIRA, UMA GRANDE PIADA!

Allahu Akbar!



3 comentários:

Sahira Anish disse...

Salam irmã. Gostei muito do seu post! Nunca gostei da revista Veja, nunca! Nem sonhsava em ser muçulmana, nem conhecia o Islamismo. Mas sempre me enojei da forma que trata todos os assuntos sempre de forma tendenciosa, exaltando um grupo em detrimento de outro. Nunca analisa a raíz das coisas, o que está por detrás das aparências...fica sempre tratando dos fenômenos sem ao menos discutir as causas. ODEIO A VEJA. NÃO LEIA VEJA..

Beijinho e ótimo domingo!

Allah Hafiz

Andreza Hana disse...

Salam Waleikum irma,

Allahu Akbar!! A veja é mesmo um porcaria. Qdo tenho oportunidade eu leio alguns artigos da veja só pra poder ter uma noçao da grandiosidade de calúnias e difamaçoes que eles publicam. Juntando a Veja e a Rede Globo nao dá uma barra de sabao, ambas sao puro lixo, trash!

bjiimm e ótima semana

http://meuamorpaquistanes.blogspot.com/

Denise Bomfim disse...

Assalam Alaykum, irmã!

A minha tristeza é que os jovens de nosso país acham que há uma verdade absoluta em tudo que aparece sob holofotes. Fico triste em saber que a imprensa não trabalha para esclarecer, mas sim para criar discórdias.

Allah Hafiz!