quinta-feira, 24 de março de 2011

Diário de uma munakaba em São Paulo - Brasil

Vocês se lembram desta simpática figurinha que eu postei aqui no meu cantinho a um tempo atrás? =)

Pois é pois é pois é... na ocasião eu mostrava por meio de setinhas como eu me vestia na época e qual era a minha meta, que é esta apontada pela setinha acima.

Bem eu atingi a minha meta!! Agora eu me visto EXCLUSIVAMENTE assim! =D

E estou muito feliz por isto, eu de fato me tornei uma munakaba com muito orgulho por isto.

Por enquanto estou usando o niqab com qhimar e saia mas neste fim de semana eu recebo da Ecbel, minha irmã querida e exímia costureira, mais um qhimar e o meu chador inshallah!

Bem, apesar de já ter experimentado muitas vezes o niqab e chador em público graças à minha querida amiga e irmã de fé Halima, pois muitas vezes saímos assim para experimentarmos, as duas, o uso do niqab em público, confesso que esperava com ansiedade esta semana para vivenciar de fato a situação de estar vestida desta maneira em São Paulo, já que ainda, vou repetir, AINDA, é raro ver nas ruas do Brasil muçulmanas vestidas assim, com niqab e chador, munakabas enfim.

E eu havia prometido a mim mesma que o dia em que passasse pela porta da minha casa de rosto tampado pelo niqab, nunca mais tiraria.

E assim eu fiz. Só que minha expectativas desta semana foram um pouco frustradas por conta de uma forte gripe que me derrubou e me deixou presa em casa de cama com febre =(.

Então eu acabei perdendo as aulas da faculdade e saindo pouco de casa.

Mas eu saí sim, no domingo com as minhas filhas e hoje com uma delas para ir às compras da semana no supermercado.

Confesso que no começo foi meio estranho estar de niqab e toda munakaba sem ter a presença da minha querida irmã Halima do meu lado rs..... porque até então todas as vezes que eu saí de niqab e chador, havia ao menos ela e o Hisham, o filhinho dela, além do marido dela em uma das ocasiões, ao meu lado, além da Priscilla e alguma outra irmã de vez em quando. Então foi estranho, senti a falta dela e das companhias rs... mas foi só no começo, depois me soltei, pena que ainda estou gripada.

E eu digo, não há problema algum em se usar niqab em São Paulo. Sim as pessoas olham e olham mais ainda do que quando estamos de hijab apenas, mas não notei mais diferença do que isto não.

Só que há um detalhe a ser bem especificado: como tudo na vida, este diálogo com o mundo ao seu redor depende DE VOCÊ.

Como assim? Simples, o mundo sempre reaje de acordo com o modo como você age.

Se você se fecha, se encolhe, e se mostra acanhada, o mundo percebe que tem algo errado com você. Se você se mostra agressiva o mundo vai também ser agressivo e defensivo com você. Mas se você tem a certeza de seus atos, a serenidade, a coerência firme com suas convicções, a paz em seu olhar, então é o que você vai colher de volta, paz, serenidade, tranquilidade.

Eu procuro agir de acordo com isto, e sempre sempre procuro ser simpática e antenciosa com todos, então não tive até agora problema nenhum.

Note-se também que sendo uma munakaba você que é muçulmana automaticamente está fazendo Dawah e suas ações assim são vistas, pois se com o hijab nós muçulmanas já representamos de certa forma o Islam, com niqab e chador então isto se torna radicalmente uma realidade.

Eu sinto que o fato de ser uma munakaba aumenta a minha serenidade e melhora minhas ações de acordo com o Islam. Sinto também que nos faz pensar mais antes de agir, sinto que está aprofundando a minha fé e a minha prática, e isto para mim é sabedoria e desenvolvimento pessoal.

Bem, agora espero superar logo esta gripe inshallah e ter mais aventuras para contar aqui, mas por enquanto nenhum fato estranho me aconteceu, e se acontecer não tenho medo, eu sou muçulmana! Eu só temo a Allah, Louvado seja.

E nada tem o poder de abalar esta minha fé.

Allah hu Akbar!

Salam!

4 comentários:

Maryanna Fahmy disse...

Parabéns irmã !!! É realmente maravilhoso quando conseguimos alcançar nossos objetivos. Que Allah O Altíssimo te recompense por querer agradá-lo cada vez mais !

Gisele Marie disse...

Obrigada irmã, está sendo uma experiência muito recompensadora em todos os sentidos!!

Que Allah abençoe sempre a sua vida e a sua casa!

Salam!

Luiza disse...

Irmã, faço minhas as palavras da irmã Maryanna... Que Allah te recompense muito pelo fato de procurar agradá-lo cada vez mais, parabéns também pela coragem e incentivo e, principalmente, por ser divulgadora da religião.
Salam,
Luiza

Gisele Marie disse...

Assalam waleikum irmã Luiza

Obrigada por suas palavras e se hoje eu me cubro, me cubro por amor a Allah, louvado seja e por que Ele me encontrou extraviada sim mas me restaurou e de conduziu à linda luz que é o Islam.

Se faço isto é com a certeza de minha fé e dos princípios de nossa linda religião, se faço isto é nada mais do que expressão do meu amor pelo louvor a Allah e pelo Islam.

Que Allah abençoe todos os seus dias e a sua casa.

Maa salama