quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Shahada - O que é, como é, e cuidados que devemos ter

Em nome de Allah, o Misericordioso, o Misericordiador, o Senhor dos Mundos, não há outro Deus além de Allah, o único, e Muhammad é seu mensageiro...

Eu já falei sobre Shahada aqui no meu blog e resolvi escrever este artigo motivada por dúvidas que eu venho encontrando entre pessoas que me perguntam à respeito e também porque eu tenho ensinado com o pouco que eu sei para algumas irmãs revertidas e percebo que alguns aspectos da Shahada são recebidos como uma novidade mesmo por algumas irmãs que já fizeram a Shahada a um certo tempo.

Então vamos lá! Yalla binna! =)

A Shahada é o testemundo de fé, que pode sempre ser pronunciado e que marca a reversão de uma pessoa ao Islam.

Ela é um dos 5 pilares do Islam, sendo que os outros pilares são:

- Fazer as 5 orações diárias;

- Jejuar no Ramadan, o Mês Sagrado;

- Fazer o Hajj, a peregrinação à Makka; (tendo a pessoa condição de saúde e condição financeira para isto)

- Pagar o Zaqat, a caridade no fim do ano; (2,5% do ganho anual de quem tem condições, dados em caridade DIRETAMENTE para pessoas necessitadas)

Quando uma pessoa decide voltar-se à Allah Subhana wa taala (louvado seja), e decide portanto se tornar muçulmana, ela simboliza esta volta à Allah, o que chamamos de REVERSÃO (pois é voltar a Deus no sentido de que toda pessoa nasce muçulmana pois é criação de Deus), pronunciando a Shahada.

Ela então diz em voz alta:


Ash hadu an la Ilaha Ila Allah, wa ash hadu ana Muhammadan Rasulullah

لا إله إلا الله محمد رسول الله
 
"Testemunho que não há divindade além de Allah, e testemunho que Muhammad é seu mensageiro"
 
 
Este testemunho pode ser pronunciado na mesquita, com testemunhas e com o Sheikh da mesquita, mas também pode ser pronunciado em qualquer lugar, com ou sem testemunhas. Este testemunho pode inclusive ser pronunciado em casa, e hoje temos casos de pessoas que fazem a sua Shahada até mesmo na internet.
 
Porque? Porque esta aparente "facilidade"?
 
Simples: porque o Islam não veio para complicar, veio para simplificar a relação direta com Allah. O Islam é um modo de vida completo e perfeito e uma relação direta com Allah, o Profeta Muhammad (saws) sempre nos ensinou "Simplifiquem, não compliquem!"
 
Neste sentido, o que conta mesmo é a sinceridade das palavras proferidas e a sinceridade de seu coração, esta é a parte que se exige de verdade, quanto ao resto, o mundo e todos os mundos são criação de Allah e Allah conhece de fato o nosso coração e as nossas intenções, então é isto que importa, coerência, sinceridade, fé, amor e temência por Allah...
 
A Shahada é de fato um momento de renascimento, uma nova vida, e como tal deve ser lembrada e considerada sempre.
 
É muito comum a pessoa adotar um novo nome, islâmico, depois da Shahada. Isto não é obrigatório, e é recomendável quando o nome da pessoa tem origem pagã ou em idolatria, mas a motivação para isto é que para um muçulmano de fato a Shahada é um divisor de águas na sua vida, uma nova e linda manhã, um novo dia, um novo livro a ser aberto...
 
E quem nasce em uma família islâmica? Quem nasce em uma família islâmica e é criado dentro do modo de vida islâmico nasce muçulmano como todos nascemos e não se afasta do estado de submissão a Allah, é por isso que não há esta passagem, mas em sua vida também pronuncia e dá provas de sua Shahada, apenas não tem a Shahada como reversão, e sim como testemunho de fé. Depois da Shahada, todos são muçulmanos, irmãos, iguais, e o que diferencia é apenas isto, a reversão de alguém que nasceu muçulmano, como todos, se afasta de Deus, e depois volta-se a Ele.
 
É por isso que deve-se pronunciar a Shahada quando já se tem a certeza em seu coração, de sua convicção.
 
Sim, é importante ser no momento certo!
 
Mas, nunca adie a Shahada se você já tem esta certeza em seu coração. Se há em seu coração a fé em Allah, a certeza de que só existe Um Deus, e que Muhammad é seu último mensageiro, faça a Shahada o quanto antes, porque só a Allah cabe o conhecimento do que Ele determinou para nós, porque só a Allah cabe o conhecimento da hora de cada um, eu posso estar escrevendo aqui agora e no minuto seguinte posso já ter partido desta vida, e eu não sei quando será, então é recomendável não adiar a Shahada porque nada melhor do que terminar os seus dias aqui nesta vida como temente e submisso à Allah Subhana wa taala.
 
Não adie nunca a sua Shahada, se seu coração pede, faça!
 
E depois? Depois saiba dar a devida importância e respeito à Shahada.
 
Esta importância é tão grande que NUNCA um muçulmano tem o direito de dizer que outra pessoa não é muçulmana!! Isto é grave e volta-se contra quem assim o faz.
 
Explicando melhor este ponto, com um exemplo, você pode um dia ver um homem que faz negócios excusos, que não vive de acordo com o modo de vida islâmica, que bebe bebida alcoólica, que tem uma vida em total desacordo com o que Allah determina para nós. Sim, MAS SE ELE FEZ A SHAHADA, ELE É SIM UM MUÇULMANO e ai de quem dizer que ele não é, cuidado! Isto pode voltar-se contra você mesmo(a)...
 
Ele pode ser um MAL MUÇULMANO, sim pode ser, mas ainda assim é um muçulmano.
 
Você pode conhecer uma irmã que infelizmente está se desviando do caminho, ela provoca discórdia entre irmãs na mesquita e espalha a fitnah como poeira lançada de sua língua por onde ela passa, ela julga as outras e em sua intimidade nem se preocupa em fazer as orações diárias... mas MESMO ASSIM ELA É MUÇULMANA, e ai de quem declarar que ela não é muçulmana! Ela pode ser uma má muçulmana, você pode dizer que ela é hipócrita, em momentos de irritação pode até falar que ela é mentirosa e falsa e outras coisa mas NUNCA VOCÊ PODERÁ DIZER QUE ELA NÃO É MUÇULMANA, isto pode voltar-se contra você, você é quem pode estar tendo a sua SHAHADA quebrada, porque só a Allah cabe o julgamento de cada um, e uma Shahada é o testemunho perante Allah, portanto não cabe a nós seres humanos o julgamento de sua validade ou não.
 
Espero ter contribuído para esclarecer sobre a Shahada, que Allah nos conserve no caminho da senda reta, e abençoe todos nós.
 
Salam =)

4 comentários:

Denise Bomfim disse...

Salam, Gisele!

Meus sentimentos profundos por seu pai. Allah sabe das nossas horas...

E sobre esse ótimo post, parabéns por ser uma pessoa que não discrimina seu próximo. Parabéns por ser uma muçulmana de verdade! Que revela a Paz, que exala a Paz.
Como seria bom se mais muçulmanas fossem iguais a você. O Islam se fortaleceria no seu mais verdadeiro propósito.

Shukran Allah por vc existir!
Passe em meu blog e pegue um docinho, sei que vc gosta de doces.
Pois você adoça a vida das pessoas!

PS: A conexão do meu modem ficou lentíssima, espero q melhore.
Ila liqaa.

Gisele Marie disse...

Aleikum Salam mana,

Meu pai faleceu a algum tempo e infelizmente ele não chegou a me ver muçulmana, é o meu grande herói e eu o amo profundamente, que Allah o guarde na paz e obrigada pelos sentimentos, meu papai foi um homem incrível, com um coração imenso que distribuiu bondade por onde passou, tenho muito orgulho dele...

Obrigada por suas palavras tá bom? =) Todos os louvores são para Allah, eu sou apenas uma menina felizinha brincando no campo de flores de Allah...

Bjinho =)

Maa Salama

Keity de Melo disse...

Salam Waleikum. Ótimo post, Gisele! É bom que todos os muçulmanos entendam que todos temos defeitos. Podemos às vezes ser vistos como desobedientes, maus crentes, mas ninguém sabe as boas ações que fazemos em nossa intimidade.
Obs.: Se o comentário aparecer como anônimo, me desculpa tá? Eu tento usar meu nome, mas geralmente só consigo nos blogs wordpress. Beijos,
Keity

Malik disse...

Assalamo alaikom minha irma Gesele,

é realmente tão grande para ler a sua mensagem sobre a Shahada, você explicação foi realmente tão fácil e tão completa mach'a Allah, e eu só quero adicionar este também sobre Shahada.
Ashahada é o pilar do Islã, a coisa mais importante que um ser humano deve saber como profeta Muhammed disse: "você deve saber que não há nada mais importante saber do que saber que não há nenhum deus digno de adoração, exceto Allah". e nós dividimos o Shahada em 2 partes o punho é: um ash-hado an la ilaha illa Allah, e isso significa que eu declaro que não há nenhum deus digno de adoração, exceto Allah, e como podemos ver nesta primeira parte que não é uma negação e uma confirmação. A negação (não há deus) de culto e adoração de qualquer tipo de deus (como monumento, ídolos, ser humano, planetas, animais, montanhas, a lua, as estrelas, fogo, água, rios, dinheiro, poder, paixões e ciência, desejo e ideologias ...) ea confirmação (exceto Allah) que confirmam que somente Allah é digno de adoração e os muçulmanos por sua vez toda a sua esperança, amor e adoração para ele sozinho.

a segunda parte é: wa ash-hado anna Muhammedan Rassoul Allah, o que significa que i testemunhar que Muhammaad é o mensageiro de Allah. e isso significa que eu vou adorar a Allah da maneira que o profeta da paz Mohammaad ser em cima dele adorá-Lo, e eu vou seguir os ensinamentos dele e seguir o que ele mandou, e seguindo o seu modo de vida.

Como você pode ver o meu Gesele irmã, a Shahada é simples de dizer, e têm um significado profundo e sens, e é reunir entre a fé ea prática, acredito em Allah e seguir o caminho da vida do profeta da paz esteja com ele , é um compromisso de fé e prática com base neste simples palavras, a unicidade de Allah na sua forme puro, as palavras de todos os profetas (a paz esteja com eles), a palavra mais importante, a palavra mais bonita, a palavra de Allah: La ilaha illa Allah.