quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Eu serei para sempre uma Munaqaba!



Eu passo por você, a bordo do meu véu...

Meus olhos brilham refletindo todo o céu...

Você não pode me ver,
a não ser,
que saiba traduzir,
o mais puro brilho da alma, nos meus olhos, a me refletir...

Você pensa "O que está acontecendo com aquela mulher?"

"Porque ela se cobre assim, o que será que ela quer?"

Talvez você possa compreender,
se souber,
traduzir,
Todo o amor por Allah, o verdadeiro véu, a me cobrir...


Há sim, neste ato de amor, o desejo de me entregar, apenas a Um, apenas a um Olhar...
Há sim, neste ato de amor, temência e submissão, apenas a Deus, Criador de toda a criação...


Você passa por mim, a mulher atrás de um véu!

"Quem será que é ela? O que será que há por detrás daquele céu?"

Meus olhos verdes a refletir,
apenas a esperança,
de dias melhores,
do Grande Dia que está por vir...

Amor no meu coração,
no olhar uma canção,
que se canta através do niqab
refletindo em mim, uma imensidão...

Eu serei para sempre, uma munaqaba!

Eu serei para sempre, para sempre uma munaqaba!

Eu agradeço a Deus, porque sou uma munaqaba

Eu vejo o mundo por trás do véu, e a minha paz, nunca nunca

se acaba!

Um comentário:

Denise Bomfim disse...

Salam, Gisele!
Como eu já disse antes, sua vida tornou-se uma poesia. Mash´Allah!

Que Allah aumente nossa fé!
Que Allah ilumine nossos dias!

Um abraço fraterno,
http://denisebomfim.blogspot.com