terça-feira, 30 de agosto de 2011

Ser Uma Munaqaba

Muitas pessoas me perguntam como é ser uma munaqaba, pois vamos tentar explicar.

Ser uma munaqaba é aprender a sorrir com o olhar, e você pode sim aprender a fazer isto, eu creio que aprendi, porque eu sei que todos sabem quando eu estou sorrindo.

Eu vejo o mundo através do meu niqab. Meus olhos percorrem o horizonte e se comunicam com todos à minha volta.

Ser uma munaqaba é aprender a falar com a alma, a partilhar a sua existência com todos à sua volta mas também se recolher em seu coração.

Ser uma munaqaba é ser firme em suas convicções, e deste modo com o mundo dialogar.

Eu ando nas ruas da cidade e sim as pessoas sempre me percebem e me olham, muitas com admiração, outras já com espanto, umas poucas pessoas com olhares de desdém.

Algumas pessoas que nada sabem sobre o que é ser uma munaqaba me olham com pena "coitada tão oprimida e fechada sem nem poder direito respirar".

Eu compreendo, compreendo sim, porque ser uma munaqaba é também compreender. Compreender o olhar do outro e suas possibilidades de entendimento ou não.

Mas em geral o olhar é de admiração, e curiosidade.

Uma grande lição também aprendida é que tudo depende mesmo de como você interage.

Vou repetir à mim mesma citando a frase "O mundo sempre reaje da maneira como você age" e é uma grande verdade, e eu nunca vivenciei algo tão forte que comprovasse tanto esta frase quanto é a vivência de ser uma munaqaba.

Muitas vezes eu entro em lojas ou lugares e as pessoas olham espantadas sim para mim, não sabem como agir.

Mas basta que eu dê um sorriso e converse um pouco e por conta disto o jogo vira completamente, de uma hora para outra todos querem comigo falar, eu até desconfio que acabam achando muito legal o fato de estarem conversando com uma verdadeira munaqaba! Uma coisa inusitada! E difícil de acontecer por aqui, por estas "terras brasilis" =)

Sobre questões práticas?

Não eu não sinto dificuldade para respirar! Rs... as pessoas se esquecem de que panos podem ser leves e porosos, e não há problema nenhum nisto, respiro livremente e dentro do meu niqab com muita paz.

Para comer, sem problemas eu já me acostumei. basta levantar levemente o niqab no antebraço esquerdo por dentro e levar um garfo, um copo com canudinho ou um alimento à boca. Confesso que sofri alguns "acidentes de percurso" para aprender rs... o mais memorável deles foi com uma bomba de chocolate, um dos meus docinhos prediletos. eu a segurei, e estava indo tudo muito bem até que eu mordi e ela literalmente "explodiu" todo o creme do recheio pela outra ponta rs... sorte que meus niqabs são feitos de tecido realmente leve e prático, bastou um paninho com água e pronto, nova em folha para prosseguir naquele dia.

E sim eu sinto calor! Mas sinto como qualquer pessoa, porque o chador e o niqab e as luvas e tudo me protege do sol, e roupas como o chador costumam preservar uma camada de ar fresco por dentro, o que me leva em algumas situações a sentir até menos calor do que as pessoas à minha volta. Eu já parei do lado de muita mulher por aí semi-nua, ou com pouca roupa, ela pingava de suor e eu estava ali, toda coberta e beem tranquila sem nada sentir.

E uma pergunta que muitas pessoas me fazem, em especial quem não é muçulmano e não conhece o Islam: "Você sempre fica assim? Em casa também?"

Não, de forma alguma. em casa eu tiro o niqab e o chador (ou abaya, eu estou usando muita abaya ultimamente). Eu me cubro sempre na presença de homens. São os homens que não podem me ver, a não ser o meu noivo, que vê o meu rosto, e meus parentes como por exemplo irmãos.

Se eu estou na mesquita, na área reservada para nós mulheres, por exemplo, eu tiro o niqab, sem problemas. Então eu sempre me cubro na presença de homens que não sejam parentes, e nem o meu noivo.

E assim eu vou vivendo, vendo o mundo através do niqab...

Eu sou muito feliz por ser uma munaqaba, todos os louvores sempre são para Allah!

Salam!


5 comentários:

Mia disse...

Oi Gisele!
Admiro-te muito por seres munakaba no Brasil. Nós sabemos que aí não é comum e, no inicio, também não deve ser assim tão fácil.
E quem fala mal, muito provavelmente prefere andar nú, mostrando quase tudo, do que com niqab, o que é lamentável.
Gosto de ler os teus relatos, pois fazem desmitificar certas ideias em relação ao niqab.

Estão a dizer que a Itália, tal como a França, também vai proibir o niqab, acho que isso vai a voto em breve.
Eles alegam também questões de segurança. E dizem que os emigrantes têm de se submeter às regras do país onde estão, mas se esquecem que alguma francesa ou italiana podem querer ser munakaba por livre vontade, e aí deveria ser um direito num país dito livre.

Não sei...só sei que o mundo caminha para algo bem ruim.

Beijinhos, Eid Al-Fitr!

Gisele Marie disse...

Salam Mia, Barakallah fiki que Allah te abençoe sempre, todos os louvores são para Allah,se sou munaqaba é porque Ele assim permite, assim escreveu, assim me fez...

Sobre o que você falou da Itália, Audzo billeh! É como diz certo poeta aqui do Brasil (adaptação livre minha):

"Vou ficando por aqui
E que Allah me ajude
Quem sai da terra natal
Em outro canto não para

Só deixo o meu Brasil
Se for para ir para o Egito.

Só deixo o meu Brasil...
Se for para ir para o Egito..."

(Egito porque o meu noivo é de lá =P)

Eid Mubarak!

Bjinhos =*

Denise Bomfim disse...

Eid Mubarak! Gisele, minha munakaba favorita!
Como é bom ler seus relatos. Recebi uma mensagem de uma irmã sobre uma metáfora entre a rosa e a cruz, que também exalta o fato de como é bom rever fatos que não foram bem esclarecidos. Se todos fizéssimos disso um exercício diário, talvez os olhos alheios nos enxergassem com compreensão.

Um abraço fraterno,
http://denisebomfim.blogspot.com

Mia disse...

Eid Mubarak Gisele!

Troquei o termo e disse outra coisa eheh :)
Muitas felicidades para ti e para o teu noivo!! Adoro o Egito, com certeza irias também ser muito feliz pelas terras dos faraós! ;)

Beijinhos**

Gisele Marie disse...

Eid Mubarak Denise Bonfim, minha querida irmã! Sua presença no meu blog o torna mais especial ainda, e traz luz para mim tá bom? Que Allah te abençoe sempre!

Salam! =)