sexta-feira, 1 de abril de 2011

Eu estou muito feliz =D porque eu sou de fato uma munakaba =D!!!


Quero começar este post com uma frase que eu li certa vez em um blog e que eu sempre tive vontade de falar: Eu sou apenas um pontinho preto no meio do Universo!!! =D

Sabem estou muito feliz!! Hoje completa-se duas semanas que me tornei de fato e definitivamente uma munakaba, e por Allah estou me sentindo muito bem!!

E muito feliz por isto!!

Eu tento ensinar a todas as irmãs que querem usar o niqab e o chador que o mundo sempre reaje de acordo com o modo como você age. Não sei se é por isto mas o fato é que comigo aconteceu uma coisa muito interessante: as pessoas se tornaram em geral mais gentis ainda comigo do que eram antes! E isto é algo muito recompensador.

Porque fazem isto? Não sei!

Eu já ouvi algumas teorias. Uma amiga me disse que é por pena "As pessoas te vêem assim toda coberta e por conta dos estereótipos imaginam que você é oprimida."

Hoje mesmo ouvi interessante explicação baseada em psicologia "Mulheres te tratam de forma mais simpática porque sendo você claramente muçulmana então está fora da competição, não vai ameaçar o marido ou namorado porque todas sabem que você só se envolve com muçulmanos também, e homens te tratam melhor porque a sua figura inspira a imagem de submissão, e sendo a sociedade machista, eles tendem a simpatizar com uma mulher que aparente ser naturalmente submissa..."

Não contesto nenhuma destas explicações, bem sei como são os caminhos da compreensão humana...

Mas eu ainda quero crer que é porque eu sou naturalmente simpática, eu gosto de conversar, e mesmo que não vejam mais o meu sorriso, sei que as pessoas conseguem perceber que eu estou de fato sorrindo, sorrindo com a minha alma, com o meu olhar.

Eu acho que é por isso.

Hoje eu fui às compras da semana em um supermercado que eu nunca havia ido, por sugestão de minha mãe. E foi ótimo, todos me atenderam com muita simpatia.

Assim foi também em uma loja de bolsas onde estive nesta semana, na faculdade e por todos os lugares por onde andei.

Para falar a verdade, acho que até a minha relação com a minha mãe, que sempre foi conturbada, está cada dia melhor, e ela é católica, não é muçulmana, mas acho que isto é dádiva de Allah, Louvado seja, porque agora louvamos juntas a Deus, cada uma de seu jeito, mas para o Único Deus que é Allah.

O fato é que eu estou muito feliz!!! Ma sha Allah =), e nunca mais vou deixar de ser uma munakaba, eu me encontrei =D...

E cá entre nós, como é confortável usar o chador!!! Só quem experimentou pode dizer, é confortável, de uma forma impressionante, difícil mesmo eu querer outra roupa agora, apertando meu corpo e me sufocando, me deixando exposta e intranquila, difícil viu?

Finalmente eu sou de fato uma munakaba, e nunca mais vou deixar de ser...

Salam!

5 comentários:

Anônimo disse...

Hummm essa figura passa a imagem de uma mulher no deserto, tão sozinha, tão reclusa, que está tão abandonada, tão triste... Dá a impressão de uma prisão ao ar livre, uma alma aprisionada apesar da liberdade que tem... porque ela se encontra ao ar livre, mas no deserto, onde não se percebe nenhuma vida em volta dela. A figura é interessante, porém, muito triste a mensagem que ela passa.

Gisele Marie disse...

Hummm interessante a sua leitura da figura, como estudante de psicologia eu vejo o seu mundo interior e a sua tristeza refletidos nesta leitura...

É como a observação do copo com água pela metade: uma pessoa negativa e triste olha o copo e diz "Que pena! Está quase vazio..."

Já uma pessoa feliz e positiva olha o mesmo copo e diz "Que bom! Está quase cheio..."

Recomendo que você ilumine seus cantos escuros, se preciso for, com a ajuda de um terapeuta profissional, enquanto estou sorrindo por debaixo do véu, de felicidade e plenitude =D...

Luiza disse...

Parabéns Gisele, que bom que você atingiu seu objetivo: " Ser mais um pontinho preto no meio do universo" Que Alalh te ilumine sempre te mantendo rodeada de pessoas gentis e livres do preconceito.
Salam,
Luiza

Gisele Marie disse...

Salam Luiza,

Não creio que esta frase define um objetivo, ela foi citada apenas como um ponto de humor no começo do texto, algo como um "quebra gelo"...

Meu objetivo é ser feliz, verdadeiramente feliz, como sou hoje em dia, com todas as pessoas que me rodeiam sim, de todas as cores possíveis, cada uma sendo aceita como é, respeitada e compreendida segundo seus próprios valores.

É por isto que minha reversão ao Islam foi muito bem vinda entre os meus, porque sempre dou as boas vindas a todos também, sem discriminação, sem enquadramento, sem preconceito =)

E veja que coisa, mesmo sendo um pontinho preto, desta forma a gente brilha com um brilho intenso que ilumina tudo ao redor =D

Que Allah tem ilumine também.

Salam!

Luiza disse...

Sim, Gisele tenho acompanhado seu blog e é possível ver luz em tudo. Penso que o Islam faz isso com a gente... Nos faz entender o sentido real da vida, o porquê de estarmos aqui e para onde desejamos almejar ir após esta vida. Nâo tenho dúvidas que sua luz é ilunina tudo e todos ao redor e os contagie também.
Muitas alegrias sempre.
Salam,
Luiza